Pastora Creuza dos Santos Lopes de Araújo 1955 à 2016

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Neste dia 24 de dezembro as 21:15, o Senhor Jesus recolheu mais uma linda rosa para o seu precioso jardim.

A Pastora Creuza dos Santos Lopes de Araújo, deixa um legado de uma vida santa e de serviços na Obra de Deus, para todos os que a conhecia.

Membro da Comunidade Batista Renovada Ministério Apaixonados pela Palavra, era trabalhadora incessante .

Uma guerreira, lutadora, companheira, mulher de oração…


Veio para o Senhor Jesus Cristo através de um câncer de mama em 1995.

Foi um tratamento muito doloroso… Mas ela venceu!

Em 2011 novamente foi acometida de uma câncer no braço, os médicos disseram que teria que amputá-lo.

A Igreja do Senhor orou e pediu muito por ela, a cirurgia foi um sucesso e não precisou amputar o braço.


A guerreira de Cristo não se deixava abater, trabalhava constantemente na Obra do Senhor. Mesmo com suas dificuldades e limitações, estava em todos os evangelismos, orações nos lares todos os dias, subindo os montes para intercessão, consagrações, relógio de oração… Na igreja, não podia ver um papel no chão, mesmo sem os movimentos de um braço, ela pegava a vassoura e varria, trabalhava na cantina e não parava por nada.

Quantos na igreja tem saúde e suas funções locomotoras e não querem fazer nada para o Senhor Jesus!

Essa guerreira sempre presente na vida de todos, descobriu ano passado (2015) que novamente estava com outro tipo de câncer.

Ela não se abateu, reuniu seus 4 filhos e nos deu a notícia, disse que estava tranquila e que se fosse a sua hora ela iria com prazer para os braços do Senhor.


A primeira cirurgia foi marcada, ela entrou para sala de cirurgia as 09:00 da manhã e eu fiquei ao la
do de fora aguardando.

Uma angústia! O tempo passava e nada de notícias… Meus irmãos ligando para saber, e nada…

Por volta das 16:oo hr ela saiu da sala de cirurgia. A médica me disse que a cirurgia tinha sido um sucesso!





A recuperação foi muito rápida, com alguns dias ela estava já em casa se recuperando bem.

Foi quando então, começou a faltar de ar, 3 vezes socorrida para emergência.

Da última vez ela ficou internada novamente.

Os médicos descobriram que ela havia pegado uma infecção hospitalar, que havia agravado e além disso uma pneumonia grave.

Começou então os momentos mais angustiantes…

.



Ver sua mãe em um leito de hospital e sentir-se impotente, sem nada poder fazer… É a pior sensação que se pode sentir!

Ver quem você ama, tentar respirar e parecer não haver oxigênio… Ouvir sua mãe pedir pra segurar a sua mão, na madrugada, no leito do hospital, só pra sentir que você está bem perto.

São momentos que jamais se apagarão da minha memória…

Essa guerreira, mesmo em seus últimos dias de vida, fez uso do pouco folego que tinha para pregar para o meu primo que estava afastado dos caminhos do Senhor, e o ganhou para Jesus!

Em sua última noite, ainda consciente… Me pediu dizendo:”Filho, segura a minha mão! Fala pro seu irmão Leonardo que a minha maior alegria é que ele retorne para os caminhos do Senhor. Diga para seus irmãos ficarem firmes… Eu estou morrendo, não consigo mais respirar”.

Naquele momento gelei! Corri e chamei os enfermeiros, logo aplicaram medicamentos intravenosos e ela voltou.



As nove da manhã novamente ela repetiu o mesmo quadro.

As 16 horas ela subiu para mesa de cirurgia, quando saiu da cirurgia ficou sedada, inconsciente até o dia 24 de dezembro de 2016 as 21:15

 hs quando estava jantando, me ligaram do hospital trazendo esta triste notícia do seu falecimento.

.






Deixou 4 filhos, 3 netos e um bisneto, que a amaram com todas as forças até o ultimo minuto de sua vida aqui na Terra, e continuaremo a ama-la por toda eternidade.

Autor: Bispo Jean Carlos Lopes Martins    —   Te amarei pra sempre minha mãe!

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
3 de maio de 2017

0 responses on "Pastora Creuza dos Santos Lopes de Araújo 1955 à 2016"

Leave a Message

Todos os direitos reservados à Conselho de Teólogos do Brasil. R@1999
X